Pesquisa realizada com pacientes oncológicos do Dilson Godinho é apresentada em congresso nacional

03 Set 2018
2720 vezes

Congresso oncologia 1A equipe de fisioterapia oncológica do Hospital Dilson Godinho apresentou, durante o 2º Congresso Nacional de Oncologia, uma pesquisa que envolveu 59 pacientes que são acompanhados pela quimioterapia da instituição e que passaram por cirurgias mamárias.

O objetivo do projeto foi avaliar o nível de dor e funcionalidade, correlacionado ao tipo de cirurgia pelo qual cada paciente passou.

O congresso aconteceu entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro em Montes Claros. O artigo apresentando teve como tema "Nível de funcionalidade e dor em pacientes mastecomizadas". A pesquisa foi apresentada pelos fisioterapeutas Bruno Mendes de Jesus e Renata Ribeiro Durães.

A análise da pesquisa teve como base predominante a cirurgia de mastectomia parcial e a média de idade da avaliação foi de mulheres de cerca de 52 anos.

O trabalho verificou a associação, estatisticamente significante, entre a incapacidade e o tipo de cirurgia, ou seja, o tipo de cirurgia influencia de forma significativa no nível de incapacidade funcional em pacientes submetidas à mastectomia.

Fisioterapia oncológica
O serviço de fisioterapia oncológica do Dilson Godinho atende pacientes acometidos por diversos tipos de câncer, que apresentam disfunções devido ao tratamento, atuando ainda com a prevenção das disfunções.

A equipe de fisioterapeutas atende cerca de 200 pacientes, entre homens e mulheres, semanalmente, contribuindo no bem-estar e na qualidade de vida do paciente.

Pacientes com câncer de mama e próstata são os mais frequentes no serviço. Fazem parte do tratamento técnicas de drenagem linfática, exercícios físicos, respiratórios e de relaxamento, além de alongamentos, entre outros.

A maior parte dos assistidos pelo serviço de fisioterapia oncológica é de mulheres que fazem tratamento ou se recuperam do câncer de mama, e que podem apresentar linfedema, um inchaço dos braços muito comum nestes casos. A fisioterapia ajuda a evitar disfunções ou sequelas, agindo na reabilitação do paciente oncológico, e atuando também como prevenção.

>>> CONFIRA TAMBÉM
Fisioterapia ajuda no tratamento e recuperação dos pacientes com câncer

Congresso oncologia 2

Última modificação em Segunda, 03 Setembro 2018 17:59
Avalie este item
(0 votos)