Fundação Dilson Godinho participa de ato em prol de melhorias à saúde em MG

26 Mai 2017
1233 vezes

DSCN0161O Hospital Dilson Godinho realizou na manhã desta sexta-feira (26) uma ação junto aos pacientes, em mobilização convocada pela Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais (Federassantas) que envolveu diversos hospitais do estado.

O ato teve como objetivo mostrar à população a grave crise que a saúde atravessa, refletindo diretamente nos atendimentos oferecidos pelas unidades de saúde.

DSCN0166Durante a manhã, uma faixa preta na porta de entrada do hospital simbolizou o ato, em luto pela situação do sistema de saúde. Funcionários do Dilson Godinho, mobilizados através do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), percorreram os setores da instituição entregando panfletos relativos ao dia de mobilização, apontando os diversos desafios enfrentados pelos hospitais na atual crise do sistema de saúde.

Recentemente, o presidente da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho, mantenedora do hospital, o médico Dilson Godinho Junior, participou de debate sobre a crise no sistema de saúde na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), junto a deputados da bancada mineira e também assessores do Governo de Minas Gerais. A situação da saúde é agravada no Norte de Minas pelos problemas sociais e econômicos dos municípios da região.

Durante o encontro Dilson Junior falou sobre a importância da parceria entre os parlamentares e os gestores da saúde, principalmente na proposição de emendas e discussões sobre maneiras de ajudar os hospitais e unidades de saúde mantidas pelas entidades filantrópicas e que prestam atendimentos através do Sistema Único de Saúde (SUS).

REDUÇÃO DE LEITOSDSCN0163

Com a crise econômica que se arrasta e afeta várias cidades e estados no país, o sistema de saúde vive um verdadeiro colapso. A situação prejudica diretamente o funcionamento dos hospitais mantidos pelas entidades filantrópicas que atendem pelo SUS.

Do ano passado para este ano, foi constada redução no número de leitos ofertados por estas entidades, enquanto a demanda é sempre crescente. No Norte de Minas, a realidade é agravada pelos baixos indicadores socioeconômicos dos municípios da região, aumentando as dificuldades para as unidades em saúde fecharem suas contas e seguir prestando os atendimentos com excelência.

A Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho, mantenedora do Hospital Dilson Godinho, referência no tratamento ao câncer e especializado em diversos procedimentos de média e alta complexidade, também convive com tais dificuldades, e por isso a importância da participação do presidente da Fundação no debate em Brasília.

O Dilson Godinho mantém a maior parte dos seus procedimentos pelo SUS. Em média, mais de 2,5 milhões de pessoas habitam a área de influência da Fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho, que recebe pacientes de várias regiões de Minas e até de parte da região sul da Bahia.

Última modificação em Sexta, 26 Maio 2017 13:23
Avalie este item
(1 Voto)