ENTIDADES DEFINEM AÇÕES EM DEFESA DA SAÚDE EM MINAS

23 Mai 2017
1194 vezes

Diante do grave cenário da saúde em Minas Gerais, representantes das entidades do setor no estado se reuniram hoje no Conselho Regional de Medicina para discutir ações para resolução da crise. A grave situação financeira do estado tem repercutido em pontos da atenção básica, hospitalar e no setor de medicamentos.

Estiveram presentes na reunião, representantes da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, Federassantas; Conselho Regional de Medicina, Conselho Regional de Farmácia, Conselho Regional de Enfermagem, Associação dos Hospitais e Associação Médica de Minas Gerais.

Ao final da reunião, representantes das entidades decidiram convocar, em caráter emergencial, uma reunião com o Procurador Geral do Estado, o Coordenador do Cao Saude e outros promotores para solicitar ao órgão um posicionamento de quais as medidas serão adotadas, inclusive na esfera judicial, diante dos atrasos de repasses do governo do estado de Minas Gerais.

Também ficou decidido a entrega de um documento, assinado por todas as entidades, aos deputados da Comissão de Saúde na Assembleia Legislativa, relativo aos encaminhamentos da última audiência pública, que discutiu a possível intervenção ética em 26 instituições notificadas pelo CRM/MG. Uma das deliberações acordadas seria uma reunião com o governador e os secretários de saúde, planejamento e fazenda do estado, para ter um posicionamento final para a resolução dos atrasos dos repasses à saúde. (Com informações www.federassantas.org.br).

ACOMPANHE A CAMPANHA

Última modificação em Terça, 23 Maio 2017 12:02
Avalie este item
(0 votos)