Vida saudável ajuda no combate aos diversos tipos de câncer, orienta oncologista

14 Mar 2017
1025 vezes

WhatsApp Image 2017 03 03 at 13.16.00Mais de 14 milhões de pessoas desenvolvem algum tipo de câncer a cada ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A doença, infelizmente, também tem avançado no número de mortes provocadas; no Brasil, de acordo com levantamento apresentado em fevereiro deste ano pela OMS, mortes por câncer aumentaram 31% desde 2000, e chegaram a vitimar 223,4 mil pessoas por ano no final de 2015. Número alarmante, de uma doença que não para de crescer e que poderia ser melhor tratada (e evitada) se os nossos hábitos de vida fossem mais saudáveis.

Segundo a médica Luciana Vieira Pinto, especialista em oncologia clínica do Hospital Dilson Godinho, ações práticas de cuidados à saúde ao longo da vida fazem toda diferença para o não surgimento do câncer ou mesmo no sucesso do tratamento da doença, quando descoberto de forma precoce.

“Estima-se que até 50% dos cânceres podem ser prevenidos. O desenvolvimento do câncer ocorre na maioria das vezes ao longo de anos. Fatores externos e internos acumulam-se provocando danos celulares graduais e irreversíveis. Os fatores externos são atribuídos ao meio ambiente e aos hábitos de vida. Desta forma, a aquisição de boas rotinas, desde a infância, diminui de forma significativa a incidência das neoplasias malignas que infelizmente representam hoje a segunda causa de morte no Brasil”.

Fatores de risco
De maneira geral, tabagismo, etilismo (consumo de maneira excessiva de bebidas alcóolicas), obesidade, sedentarismo, alimentação ruim, excesso de exposição ao sol, vida sexual desprotegida, radiação e atividades ocupacionais com exposição prolongada a produtos tóxicos, como amianto, níquel e formaldeído, são alguns dos fatores de risco para o desenvolvimento de algum tipo de câncer.

“Saúde no prato”
Entre os diversos fatores de risco, a má alimentação é um dos mais impactantes. Na correria do dia a dia, esquecemos de preocupar com a “saúde” do nosso prato, através do investimento em alimentos ricos em benefícios ao nosso corpo. Luciana Vieira destaca que uma nutrição inadequada é fator de risco para o desenvolvimento do câncer e aponta alguns vilões da nossa saúde.

“Sem dúvida, uma alimentação saudável contribui para o bom funcionamento das funções vitais de nosso corpo. Devemos buscar uma alimentação balanceada composta por frutas, verduras, legumes e cereais integrais. Uma nutrição inadequada é, segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a segunda principal causa de câncer que pode ser prevenida. Ela é responsável por até 20% dos casos de câncer em países em desenvolvimento, como o Brasil. Como vilões, podemos considerar alimentos ricos em gorduras de origem animal; carnes processadas; excesso de açúcar, sal e conservantes; dieta pobre em fibras e consumo excessivo de carne vermelha”.

Dicas
A oncologista deixa algumas dicas para prevenir o surgimento do câncer e conseguir manter uma vida mais saudável. Confira:
- Não fumar, realizar atividades físicas regulares, controlar o peso, ter uma alimentação saudável e diminuir o consumo de álcool;

- Evitar infecções transmitidas sexualmente e evitar excesso de sol;

- Buscar boa adesão aos programas de rastreamento dos cânceres de mama, colo uterino e cólon/reto através da realização de mamografia a partir dos 40 anos de idade, vacinação contra o HPV (Papilomavírus Humano) a partir dos 9 anos de idade, exame colpocitológico durante a vida sexual ativa e colonoscopia a partir dos 50 anos de idade.salada

Tratamento integral
O diagnosticado precoce do câncer e o acompanhamento correto da doença, são fatores que contribuem na recuperação do paciente já afetado pelas neoplasias malignas. Por isso, nos últimos anos, o Hospital Dilson Godinho, referência no tratamento do câncer, tem investido cada vez mais no tratamento integral ao paciente em tratamento de câncer. A instituição possui Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Terapia Nutricional e Oncologia (UNACON I), composto dos serviços de Quimioterapia, Radioterapia, Cirurgia Oncológica e Hematologia.

Na instituição são oferecidos os serviços de oncologia clínica, oncologia infantil, hematologia, equipe de cirurgia oncológica, quimioterapia e radioterapia. Através de uma equipe multidisciplinar, composta por médicos cirurgiões, clínicos, psicólogos, enfermeiros e farmacêuticos, o paciente tem acesso facilitado a todo o seu tratamento em um único lugar, desde as consultas clínicas, passando pela cirurgia oncológica, radioterapia e tratamento quimioterápico, até a internação.

Última modificação em Terça, 14 Março 2017 13:07
Avalie este item
(0 votos)